O ‘Globo Repórter’ revela os segredos do arquipélago de Açores. Uma terra situada precisamente sobre a cordilheira submarina que se estende sob o Oceano Atlântico e o Oceano Ártico, próxima ao continente europeu e integrada politicamente à República Portuguesa, que brotou no meio do oceano para surpreender o mundo. Suas águas, ricas em minério, são procuradas por pessoas que sofrem de reumatismo, osteoporose e doenças inflamatórias.

O ‘Globo Repórter’ vai ao ar no dia 15.

E não são apenas as águas de Açores que são consideradas sagradas. Seguindo os preceitos da geomedicina, uma especialidade que estuda a influência de fatores geológicos sobre a saúde humana e dos animais, a lama termal de Açores é indicada ao tratamento contra flacidez, rugas, manchas de pele e psoríase e as pedras vulcânicas combatem as dores musculares.

Depois de escalar os 2.350 metros da imponente montanha vulcânica, os repórteres descobrem as mais lindas paisagens do Atlântico, ouvem o som dos vulcões sob seus pés e conhecem uma cozinha a céu aberto, em que o calor subterrâneo cozinha os mais saborosos pratos típicos.