Após descobrir a verdadeira identidade do Motoqueiro Vermelho, Mariana (Chandelly Braz) está cada vez mais encantada pelo mundo do motociclismo. A mocinha de tanto insistir acaba encontrando em Lucchino (Juliano Laham) um fiel escudeiro que a apresenta às corridas clandestinas, e também a ensina a pilotar motos. Surpreso, o mecânico assume que Mariana de fato tem talento para o ofício, porém não pode pilotar motos já que é mulher.

O episódio vao ao ar sexta-feira, dia 1 de junho 
Mariana não se conforma com as convenções da época e decide então criar uma persona para que seus anseios por velocidade e aventura sejam realizados. Ela decide então usar trajes masculinos e adotar uma barbicha e bigodes falsos e o nome de Mário. Assim que Mário entra na oficina de Lucchino, o rapaz estranha, pois não conhece o novo cliente. Aproveitando a falta de malícia do amigo, Mário decide elogiar a figura do mecânico, que fica desconcertado de receber um elogio desses de um outro homem. Apesar de estar se divertindo bastante com a brincadeira, Mário se revela Mariana para o espanto de Lucchino, se mostrando por detrás da peruca e do bigode falso.

Mariana então explica o seu plano para o amigo, que a princípio a condena por querer pilotar motos com um disfarce. Ele avisa à moça que pode ser perigoso caso os outros pilotos descubram sua verdadeira identidade. Ela então apela para o amigo, questionando-o se ele não quer ver a moto que produziu artesanalmente ganhar as pistas do Vale do Café. Vaidoso, Lucchino concorda e decide ajudar Mariana a pilotar sua criação e manter a farsa de Mário.

Porém, algo fora do previsto por Mariana acaba acontecendo. Mário se aproxima e fica amigo do Coronel Brandão (Malvino Salvador), por quem Mariana é declaradamente apaixonada. Será que o Coronel vai perceber algo de diferente no novo amigo?

Foto: Mário/ Mariana (Chandelly Braz)

Crédito: Globo/Estevam Avellar