Finalmente é chegado o dia do enlace de Mariana (Chandelly Braz) e Brandão (Malvino Salvador). O coronel está feliz por estar se casando com a mulher de sua vida, porém, um tanto pesaroso por viver esse momento ao mesmo tempo em que enfrenta a suspeita por ter cometido o atentado contra Elisabeta. Por conta desta desconfiança, e também por ter revelado ser o Motoqueiro Vermelho, os soldados do exército afirmaram que não vão comparecer à boda.

Com os preparativos acertados e a igreja cheia, a noiva chega à cerimônia em uma linda charrete com seu pai, Felisberto (Tato Gabus Mendes), e sua irmã mais velha, Elisabeta (Nathalia Dill). Mariana se emociona ao entrar com seu pai, e sente que precisa realizar seu sonho sem restrições. Tomada por um sentimento de verdade no seu coração, assim que chega no altar, tira a peruca que cobre seus cabelos curtos. Sua mãe, Ofélia (Vera Holtz), passa mal e é amparada. Rapidamente, suas irmãs a ajudam a recolocar o véu, já que sabem o motivo que a faz esconder seu novo visual. Com os olhos marejados de felicidade, Mariana explica a seu noivo que precisa se casar como ela mesma, não como uma farsa. Tomado de amor, ele assente, e, assim, a cerimônia prossegue em clima de muito romance.

O episódio vai ao ar segunda-feira, dia 10 de setembro
Ao saírem da igreja, Brandão tem mais uma surpresa. Para sua felicidade, os soldados de seu quartel estão todos do lado de fora, formando um lindo corredor de espadas para que os noivos passem, como se faz em cerimônias oficiais do exército. Apaixonados por motociclismo, o noivo e a noiva fazem uma saída triunfal rumo à festa. Brandão sobe em sua moto, e Mariana não fica atrás. Ela revela estar vestindo um par de calças por baixo de seu vestido, para que também possa embarcar na sua, como seu marido. Os convidados ficam boquiabertos com a modernidade dos noivos, e seguem para celebrar a boda com o casal na casa da nova família que se inicia.

As cenas estão previstas para irem ar no canal internacional da Globo sábado, dia 8 de setembro, nas Américas; e segunda-feira, dia 10, na Europa, África, Japão e Austrália. ‘Orgulho e Paixão’ é uma novela de Marcos Bernstein, escrita por Marcos Bernstein e Victor Atherino, e tem direção artística de Fred Mayrink.

Foto: Mariana (Chandelly Braz) e Coronel Brandão (Malvino Salvador)

Crédito: Globo/Cesar Alves