Mesmo depois de um teste de compatibilidade provar que Jô (Barbara Paz) seria uma doadora apta a ajudar Adriana (Julia Dalavia), a loura simplesmente se recusa a fazer a doação. Alegando saúde frágil, Jô descarta qualquer possibilidade de doar o rim para a enteada. Henrique (Emilio de Mello) e Beth (Gloria Pires) ficam chocados com a atitude dela principalmente depois que os médicos confirmam que o estado de saúde da advogada é cada vez mais preocupante.

O episódio vai ao ar sexta-feira, dia 11 de abril
Beth resolve tirar a limpo a história. Jô banca a dissimulada e pergunta sobre o estado de Adriana. “Muito mal. O médico acredita que se em um mês não surgir a possibilidade de transplante…”, explica Henrique, emocionado. Jô garante que “sente muito” e é a deixa para Beth colocá-la contra a parede. “Não sente coisa nenhuma. Jô, estou disposta a esquecer tudo que me fez. Disposta até a voltar a ser sua amiga. Mas doe esse rim para a Dri”, pede.

Diante da negativa de Jô, Beth dispara: “Você é nojenta. Você me enganou, mentiu para mim. Me atirou nos braços do Renan quando eu era casada com o Rique. Mas eu cheguei a pensar que era por amor. Mas agora eu vejo nitidamente. Tudo foi pelo dinheiro, não foi? Cada gesto de amor para a Dri, cada beijo que deu naquela menina, foi olhando o dinheiro do pai”.

Henrique deixa de lado a passividade diplomática e também enfrenta Jô. Irritada, a socialite enfim deixa a máscara cair. “Tem ideia do número de amantes que eu tive? Muitos. Eu nãosuportava você na cama. E sua filha? Aquela menina mimada… eu não suportava”, admite Jô.

“Ordinária!” é o que grita Beth, antes de dar um tapa em Jô. Henrique intervém e expulsa a mulher de casa. Ela vai embora para o Rio de Janeiro, mas avisa que exigirá muito dinheiro no processo de divórcio.

Foto: Beth (Gloria Pires)

Crédito: Globo/Marília Cabral