Uma conversa descontraída e com muita história curiosa. É assim que se desenrola a entrevista de Luciano Huck e Angélica a Jô Soares. A apresentadora já tinha sentado no sofá do Gordo seis vezes, enquanto o marido tinha ido ao ‘Programa do Jô’ em quatro oportunidades. Juntos, foi a primeira vez.

O ‘Programa do Jô’ com Luciano Huck e Angélica vai ao ar no canal internacional da Globo nesta sexta-feira, dia 14.

“Quando soube que deu certo para virmos aqui, fiquei fazendo um filme na minha cabeça de quando estive no seu programa pela primeira vez e quis trazer esta foto”, comenta Angélica, mostrando a imagem de quando tinha apenas 17 anos. Na época, Jô fez uma das perguntas que ela mais ouvia e que, também, mas a deixava envergonhada. “Você me perguntou se eu era virgem!”. “Você disfarçou tanto que nem precisou responder”, emenda o Gordo.

Luciano Huck, na primeira vez em que entrevistou Angélica, também brincou com o assunto e aproveitou o momento para tentar conquistar a atual esposa. “Quando cheguei a Globo, em 2000, eu já a achava gata e tinha alguns interesses. Aí, a convidei para fazer uma matéria em Fernando de Noronha. Depois, a chamei para jantar e ela não foi. Por causa disso, mandei um cano com um lacinho para ela”, conta o apresentador, às gargalhadas. “Eu já fiquei muito apaixonado no dia dessa matéria”, admite.

Da relação entre o casal de apresentadores, nasceram Joaquim, Benício e Eva. Jô quer saber, então, quem é que faz o papel de “linha dura” com as crianças. “Bom, sou eu que mando ali no dia a dia, mas chega uma hora em que eles querem me desafiar. Aí, eu falo que vou ligar para o pai e eles param na hora. O Luciano nunca fez nada para as crianças terem medo, mas eles têm um respeito muito grande a ele”, explica a loira.

Jô Soares não podia deixar de tocar em um assunto que comoveu os brasileiros e que fez com que a família encarasse a vida de uma outra forma. “Depois do acidente de avião, além do fato de ter ficado com um pouco mais de medo de voar, bastante coisa mudou na nossa vida. Fiquei um pouco traumatizada e, no último ano, vim mudando alguns hábitos, comecei a fazer meditação e yoga”, diz Angélica. Huck, que teve a missão de contar aos filhos, à esposa e às babás que a aeronave ia cair, não esquece os momentos de desespero. “Se tivesse que remontar a cena daquele momento, eu conseguiria, porque fica tudo gravado na cabeça. A gente perde muito tempo na vida, ainda mais nesse mundo de televisão, de fama. A gente quase morreu num dia de sol lindo, num voo de 15 minutos”, relembra o apresentador.