Se tem alguém que pode ajudar Lenita (Leticia Spiller) a encontrar uma pista sobre o paradeiro de sua filha é Loretta (Claudia Ohana). Tudo porque a ex de Vittorio (Marcello Novaes) trabalhava justamente como enfermeira na mesma maternidade que Lenita deu à luz anos atrás. O padeiro está disposto a tudo para ajudar a amada e, mais uma vez, recorre a Loretta, que não gosta da insistência do ex-marido e tenta dificultar as coisas. “Me responde, Vittorio: por que eu ia cutucar uma ferida antiga? Só pra aplacar a culpa da mulher que está com você?”, provoca.

As cenas estão previstas para irem ao ar no dia 17

Vittorio tenta argumentar que Lenita não é apenas a mulher que está com ele, mas a pesssoa que faz o bem também para seus filhos. “Se você sabe onde está a filha da Lenita, fala, pelo amor  de Deus!”, implora Vittorio. Mas Loretta  está infelxível. “Por que eu faria isso? Se você está me desprezando pra ficar com uma mulher quer rejeitou a própria filha!”, grita, antes de emendar. “Esse é um passado que me faz muito mal! Porque me joga na cara coisas que eu gostaria de ter esquecido. Aquelas crianças… tratadas como mercadoria…”, acaba deixando escapar. Vittorio registra a informação e questiona se ela não ajudava a encontrar lares para crianças abandonadas.

Mas ao perceber o rumo da conversa, Loretta acredita que Geppina (Aracy Balabanian) tenha comentado algo sobre seu passado com Vittorio. “A sua mãe esteve aqui outro dia… Ela me atirou na cara que eu… ganhava dinheiro por cada criança que entregava pra adoção! Não venha me dizer que ela não te contou essa história…”, despeja. Vittorio fica chocado com a confissão e exige saber a verdade. “Olha pra mim, Loretta! Você recebia dinheiro pelas crianças que entregava pra adoção? Você comercializava vidas!  Você negociava… gente!”, se dá conta.  Pressionada, Loretta confessa que recorda o dia em que Lenita voltou atrás, arrependida, querendo a filha de volta. “Chegou correndo, nem sei como ela podia  correr logo depois de dar à luz… Veio cheia de esperança, queria a filha, disse que ia cuidar dela, não importava o que acontecesse… E eu só tinha uma manta com um nome bordado pra entregar a ela”, confessa chorando. Vittorio suplica para que ela ajude Lenita a localizar a garota, mas Loretta, descontrolada e muito nervosa, fica em silêncio.