Renato (Jayme Matarazzo) é um professor de biologia apaixonado pelo que faz. Um homem íntegro, que vive um dia de cada vez e tem uma fé inabalável, muito em função do drama que viveu: enfrentou uma doença no coração e precisou receber a doação do órgão para sobreviver. Depois de um tempo afastado das atividades, ele começa a lecionar no colégio Dom Fernão, onde conquista a turma pelo carisma, e passa a frequentar a academia Forma.

A entrada do personagem Renato está prevista para ser exibida na quarta-feira, 25

A história de superação de Renato inspira muitas pessoas. Quem mais se sensibiliza com tudo o que ele transmite é Nanda (Amanda de Godoi). “Nanda e Renato terão uma conexão forte, eu diria transcendental”, explica o autor Emanuel Jacobina. A sintonia entre os dois é imediata. Nanda fica comovida com a força e confiança de Renato e vai se encontrar em um turbilhão de sentimentos ao conhecê-lo melhor. Renato também fica encantando por ela de primeira. “Parecia que eu estava vendo um anjo…”, o professor fala, sobre a primeira impressão que teve dela.

Quando descobre que Renato tem o coração transplantado, a moça passa a lembrar cada vez mais de Filipe (Francisco Vitti), seu falecido noivo que teve o órgão doado. A cada minuto que fica ao lado do professor, ela começa a ter mais lembranças do ex. “O Renato fala igualzinho ao Filipe. O mesmo jeito, usa as mesmas palavras até…”, fala ela, admirada, para Jéssica (Laryssa Ayres). Nanda chega até a ver Filipe algumas vezes em que olha para ele.

Jayme Matarazzo fala sobre a satisfação de integrar o elenco: “Estou muito feliz de estar fazendo ‘Malhação’. Sempre foi um desejo meu passar por aqui. Faltava essa experiência porque acredito que na nossa profissão existe uma troca constante de ideias e energias entre as pessoas. Vir para ‘Malhação’ e trocar experiências com jovens em seus primeiros trabalhos renova qualquer ator. Eles estão muito abertos a novas fórmulas, a ouvir e aprender e eu sou um ator que gosto muito disso. Porque a gente não só ensina, mas acaba aprendendo muito com o frescor dessa turma. Passar por aqui é me abastecer de um combustível novo e tentar absorver um pouco dessa ‘juventude’”.