Após muito pressionar, Felipe (Marcelo Faria) finalmente consegue arrancar o grande segredo de Sirlene (Renata Dominguez): a identidade do pai do pequeno Lucas (João Pedro). Não é de hoje que o administrador nota um pânico em Sirlene toda vez que Cesar (Rafael Cardoso) está por perto. E não demorou muito para juntar as peças deste grande quebra-cabeça.

As cenas estão previstas para irem ao ar na segunda-feira, 30

“Fala de uma vez, Sirlene, tem coisa aí! Eu vejo como você reage diante do César, é como se ele te dominasse de alguma maneira. Você tem medo dele, pavor!”, argumenta. Nervosa, Sirlene tenta fugir do assunto. “Você me promete que protege o Lucas? Que aconteça o que acontecer, mesmo que não fique comigo, você protege o meu filho?”, pede. Até que Felipe então dá a cartada final. “O teu filho com o Cesar. É isso, não é? O Cesar é o pai do Lucas”.

Depois dessa, Sirlene não tem outra alternativa a não ser confirmar o que o namorado já desconfia há tempos. “É isso, Felipe. O pai do Lucas é o César. Eu cometi o erro imperdoável de dar pro meu filho um pai canalha, bandido, assassino”, desabafa. Ela também conta todos os podres de Cesar, inclusive sobre a participação dele na explosão das traineiras da Arraial Pescados. “Eu falei que foi o pai do meu filho que provocou aquele acidente, não falei? E que ele me chantageia ameaçando o próprio filho”, reforça.

Felipe questiona o motivo de Sirlene ocultar esse sofrimento por tanto tempo. “Porque não posso pôr a vida do Lucas em risco. Ele não hesitaria em se vingar de mim, no próprio filho! Se eu falasse qualquer coisa sobre quem ele é de verdade para Alice”, explica. Sirlene implora para que Felipe não entre em confronto com Cesar. “Se quer fazer alguma coisa, age com cautela, na surdina. Ele não vai tolerar uma cobrança. E o Lucas está muito perto, ao alcance das garras dele”, explica. Felipe promete proteger a namorada e o pequeno Lucas e planeja uma investigação no banco para tentar descobrir algo que comprometa Cesar.