Depois de seis anos de estiagem, o Nordeste brasileiro celebra o São João, uma das datas mais importantes da região, com fartura, alegria e trabalho. No ‘Globo Repórter’, a repórter Beatriz Castro percorre três estados para mostrar que as cachoeiras ressurgiram, os açudes estão cheios; as plantações e as matas, cobertas de verde; os animais, se reproduzindo e  novos empregos foram criados. “A festa este ano está mais animada do que nunca. Passamos por Paraíba, Pernambuco e Ceará, e estamos comovidos com a alegria dos sertanejos, que passaram por períodos difíceis, mas agora estão felizes com a prosperidade da região. A esperança está em cada canto do Nordeste”, conta Beatriz Castro.

O programa vai ao ar sábado, dia 23 de junho
O programa apresenta uma família que acreditou na criação de cabras e conseguiu comprar uma casa nova com a venda de leite e a fabricação de queijos. A qualidade do queijo de cabra nordestino fez com que o produto fosse premiado na Europa e virasse produto de exportação. Símbolo da dura vida sertaneja, o bode agora dá lucro para os criadores. Carne e couro ganharam valor e a fabricação de produtos derivados gera diversos empregos. Além disso, plantas nativas como palma, mandacaru, castanhola e algaroba, estão cada vez mais presentes em refinados cardápios da gastronomia brasileira.

Foto: A equipe do ‘Globo Repórter’ em gravação no Ceará.

Crédito: Globo/Divulgação