Primeira reportagem mostra a busca de homens e mulheres por uma vida mais saudável

Foram mais de dois mil programas, que passearam por temas tão diversos quanto ciência, saúde, zonas de conflito, esporte, entretenimento, aventura, vida selvagem, meio ambiente e viagens. Este mês, o ‘Globo Repórter’ comemora 45 anos no ar e segue atualizado e atento a novas tendências, comportamentos e novidades. “O segredo do programa está na simplicidade e na identificação com o público. As pessoas percebem que o ‘Globo Repórter’ está ligado à vida delas. Temos a possibilidade de aprofundar os assuntos”, explica a editora-chefe Silvia Sayão.

O programa vai ao ar sábado, dia 7 de abril
Para comemorar a data, os quatro próximos programas são especiais e abordam alguns dos temas mais populares entre o público: saúde, alimentação, viagem e aventura. No fim destas edições, o apresentador Sérgio Chapelin conversa com os repórteres sobre as experiências deles com os assuntos discutidos. No primeiro programa, Edney Silvestre e Graziela Azevedo revelam as diferenças e particularidades de homens e mulheres na busca por uma vida mais saudável. Quem vive mais? Quem vai mais ao médico? Quem tem mais tendência para engordar e mais facilidade para emagrecer?

Repórter exclusivo do ‘Globo Repórter’, Edney Silvestre fala sobre o orgulho de fazer parte da equipe. “Quando um personagem abre as portas de sua casa para o ‘Globo Repórter’, temos o prazer de conhecer melhor aquela vida e partilhar isso com outros brasileiros. Fazer o primeiro programa da comemoração dos 45 anos é um privilégio. Como os espectadores, há quatro décadas e meia eu aprendo muito com nossos entrevistados e, como jornalista, estou apoiado por uma equipe harmoniosa e criativa”, conta Edney. Assim como muitos outros brasileiros, o repórter foi um dos que passaram a adotar rotinas de vida mais saudáveis com a ajuda do programa. “Passei a me movimentar mais. Por exemplo, nunca falo ao telefone sentado. É um momento que eu aproveito para ficar em pé. Às vezes até vejo televisão de pé. Aprendi, com o programa, que ficar de pé é bom para a saúde”, conta.

 Graziela Azevedo chancela a opinião de Edney. “O ‘Globo Repórter’ é um espaço para trocar experiências. É como se as pessoas conversassem sobre os temas mais diversos de uma maneira gostosa. Além disso, uma das forças do programa é o fato de ajudar as pessoas, de um jeito muito simples, a entender melhor assuntos tão interessantes”, complementa. Nesta edição, Graziela mostra que os esportes coletivos, maneiras de se exercitar e criar laços sociais, ainda são mais incentivados entre os meninos.

 

Foto: Sérgio Chapelin apresenta, dos Estúdios Globo, o primeiro programa comemorativo dos 45 anos do ‘Globo Repórter’

Crédito: Globo/ Cesar Alves