O ‘Fantástico’ estreia a terceira temporada da série ‘Chefe Secreto’, em que um alto executivo de uma empresa se disfarça para passar uma semana infiltrado entre os funcionários, observar de perto a rotina deles e identificar processos que podem ser aperfeiçoados. Apresentada pelo consultor de carreiras Max Gehringer, a série é uma adaptação brasileira do formato inglês ‘Undercover Boss’. Três empresas serão retratadas em seis episódios nesta nova temporada.

O ‘Fantástico’ vai ao ar na segunda-feira, dia 9

Na estreia, uma mulher, dona do cargo mais importante de uma empresa familiar de transporte de cargas e logística, encara o serviço pesado junto aos funcionários, homens em sua grande maioria. Com sede em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, a empresa tem três mil funcionários e vinte unidades, espalhadas em doze estados do país. A presidente do conselho é a segunda filha do espanhol Tarcísio Gonzalez, fundador da empresa, que morreu no ano passado. Tarsia Gonzalez, que ocupa o cargo mais alto da companhia, sai de cena por uma semana para a chegada de Vitória Fernandez, a “nova funcionária”, cujo objetivo real é conhecer melhor o negócio criado pelo pai nos anos 60.

Durante uma semana de trabalho duro, a chefe passa por diferentes setores da empresa em São Paulo e Minas Gerais. Tarsia passa pela borracharia, onde são trocados mais de 100 pneus por mês; pelo lava a jato, responsável pela manutenção e limpeza dos caminhões; pelo içamento operacional, que faz o levantamento de carga com equipamentos especiais; e acompanha o trabalho da única mulher entre os 450 motoristas carreteiros da empresa. No geral, a experiência foi muito enriquecedora para a chefe secreta: “Mudou tudo. Não consigo mais enxergar nem a empresa nem a família nem os processos da mesma forma”, explica Tarsia.