Antes de ser carcereiro, Adriano (Rodrigo Lombardi) era professor de História. Sua experiência com crianças e adolescentes em sala de aula e também a sua criação o levaram a ser um agente penitenciário que sabe bem como encarar de frente os desafios que se apresentam em uma penitenciária, sem perder a cabeça no trato com os detentos. Durante toda a sua carreira, sempre foi considerado um funcionário íntegro, tanto pelos colegas como por aqueles que têm de obedecer suas ordens.

Manter a conduta sempre alinhada aos seus princípios é um desafio constante para quem vive sob tensão, dia e noite. O que Adriano constata de perto é que têm pessoas que não costumam pensar como ele. É o caso de Jasão (Caco Ciocler), carcereiro da Penitenciária Lavapés, onde o ex-professor vai passar um tempo para cobrir as férias de outro agente.

O episódio vai ao ar sexta-feira, dia 30 de maio
Como quem domina aquele lugar, Jasão faz a apresentação do presídio para o novo colega, deixando claro que, ali, a equipe é “forte”. Adriano se depara, então, com uma realidade bem diferente daquela vista na Vila Rosário: torturas e agressões. E é o próprio Jasão quem faz uso da força excessiva para conseguir as respostas que quer dos presos.

Embora seja contrário a esse tipo de conduta, a pressão do dia a dia coloca Adriano em um nível de estresse tão alto que, por vezes, nem ele mesmo se reconhece. Pressionado em livrar a filha de um juiz das mãos de sequestradores, o carcereiro vê suas emoções superarem a razão e o levarem a fazer algo que tanto condena.

Série vencedora do Grande Prêmio do Júri do Mip Drama, em Cannes, no ano passado, ‘Carcereiros’ é assinada por Fernando Bonassi, Marçal Aquino e Denisson Ramalho, escrita com Marcelo Starobinas e livremente inspirada na obra de Drauzio Varella. A obra é uma coprodução da Globo com a Gullane e a Spray Filmes, tem direção-geral de José Eduardo Belmonte e direção de episódios de Belmonte e Fernando Grostein.

Foto: Adriano (Rodrigo Lombardi) cobre férias em um outro presídio, onde conhece Jasão (Caco Ciocler), um carcereiro que é conhecido por espancar e torturar detentos

Crédito: Divulgação/Beto Besant